domingo, março 10, 2013

Entrevista: Bella Dunham™


Maud: Como anda a vida, minha amiga? aAUhauHAUhauHUA
Resposta: Amigo, vai bem, obrigada! Conseguindo resolver as coisas aos poucos, em todos os parâmetros da vida, e tentando viver da forma mais alegre, amorosa e pacífica possível! E você como vai? Espero que esteja muito bem, meu amor. ♥


Maud: Os jogadores mais antigos como eu já conhecemos você, mas os mais novos ainda não. Então apresente-se!
Resposta: Então, prazer! Me chamo Beatriz Cristina, tenho 25 anos, moro em São Gonçalo/RJ, e sou uma gamer! *-*


Maud: Já faz algum tempo desde a última vez em que você deu as caras aqui no Blog. Naquela época também a nação que você representava era outra. Em toda Entrevista há aquela pergunta que se repete mais vezes do que as outras. Nessa daqui a que mais se destacou foi a sua mudança de Nação. Eu mesmo não sei o que houve e também estou curioso para saber. Não é qualquer um que consegue ser marechal mais de uma vez e ainda em nações diferentes.
Então para começar a Entrevista eu peço para que você diga, narre esse período de transição Tibérica-Odeon. Logo abaixo poderão aparecer mais algumas perguntas específicas sobre esse assunto.
Resposta: Essa resposta será extensa pra esclarecer essa história de uma vez.

A última vez que apareci aqui dando uma entrevista, eu estava por 1 mês de Marechal em Tiberica. Foi a minha primeira nação, minha primeira paixão. Sucederam-se quase 4 meses de marechal. Nesse meio tempo, com nossa aliança com Odeon (Tiberon) conseguimos dominar o PvP do jogo. Derrubamos o tão almejado altar de Elsinore. Em abril de 2012, após muito tempo sumido, o líder da Aktsuki, SkyDragon, após voltar a jogar e constatar que a guilda não era mais a mesma que ele criou, decidiu querer de volta a guilda. Eu era marechal, e há muito já liderava da minha forma de liderança. Pra devolver, alguma guilda teria que entrar de Marechal, até fazer a troca. Após algumas discussões e avaliações, pedi pro Lelin (Kayo) com a guilda Terroristas segurar o marechal por 2 semanas, pois eu viajaria e nesse tempo, faria a transição pra minha nova guilda (ImperiuM). O castelo foi entregue com sacrifício (faltando 3 minutos pra encerrar o castelo) pois alguns atiradores não deixavam completar a cerimônia. Com 3 dias, eu fui banida por xingar o TaleKnight (o irmão dele usava a conta, e eu respondi a uma provocação). Eu e ele fomos banidos. Era quarta-feira, 11 da noite, e o Mito pediu pra passar novamente o marechal para Terroristas para não ficar com 1 semana sem os devirs upados, pois são 10 dias de ban. Eles saíram da aliança e cadastraram castelo com o Ruligans de líder. Nessa semana de ban, eu tentei me manter logada, me animar com a clériga e manter as pessoas da guilda por perto, mas a guilda ficou frágil sem meu char presente, até porque já tinha havido a dificuldade da transição da guilda, e perdi alguns players importantes. Quando saiu o meu ban, comecei a ouvir boatos que a Terroristas não entregaria. No domingo, eu tentei falar com o BloodRain sobre ele subir castelo comigo, pra evitar que tivesse o mesmo problema do outro anterior. Foi então que aconteceu uma reunião entre eu, Ruligans, Blood, Wolfcold sobre a Terroristas ter interesse em continuar como marechal. Até passariam de volta, mas se fosse do desejo da liderança, atacariam castelo na outra semana. Como a Terroristas era a guilda mais forte de Tiberica, e tudo que eu lutei foi para não haver oposição, eu preferi me retirar da liderança e deixar o Marechal com eles. Como o PvP tinha parado, e alguns desentendimentos passados, a tendência era Tiberon acabar. Eu mantinha uma relação de amizade muito forte com o Stylo e o Rakya, e quando Ruligans decidiu se aliar com Basilica, eu mantive contato com os 2. Enquanto isso, eu tentava me animar e levantar a ImperiuM. Cheguei a ser archon, mas como eu ficava no TS de Odeon conversando com eles, começaram a ter boatos de que eu era spy. Já acontecia xingamentos sobre mim, como sempre, mas naquela altura, estava insuportável. O desrespeito era muito grande. Já não tinha vontade de jogar mais. Cada dia eu descobria alguma falsidade diferente, como o castelo que a RedBull não queria que eu pegasse, e ofereceram a Terroristas no TS. A quantidade de gente que eu considerava e que agiam na falsidade só crescia. Mas pelo meu orgulho de não exilar, e de ser sempre Tiberica eu me negava a parar. Até a gota d'agua, que foi uma música feita por um player da RedBull, Cherry, que falava o quanto eu “rolava” até o tiamat, o quanto eu era gorda. Na sala, umas 30 pessoas... dentre elas, amigos que jogaram comigo todo esse tempo, todos rindo da situação. Aquilo pra mim foi o fim do respeito. E eu nunca mais tive vontade de jogar em Tiberica. Rakya me ouviu muito triste naquela noite, e eu já tinha feito uma templária (Bella Dunham™) pra me manter perto dos meus amigos de Odeon. Ele me ofereceu guilda, me ajudou a upar e me deu o espaço que resultou em tudo que tenho hoje na minha nação, Odeon. A desconfiança de eu ser spy era dos 2 lados, mas o Rakya e o Bruno (Stylo) confiaram em mim, e isso foi decisivo para eu escolher com quem eu jogaria a partir daquele momento.

Não foi o fato de eu perder marechal que me tirou de Tiberica, não foi set, não foi interesse. Eu sempre sobrevivi como liderança, Archon, conselheira, passei por inúmeras guildas pra ajudar, eu tinha meu set, refinei sozinha minha arma +11 e nunca precisei de ninguém pra me colocar onde havia chegado. Foi a falta de consideração, a forma como se esqueceram de tudo que eu fiz pela nação, a falta de respeito que me fizeram sair de lá. E não me arrependo. Estou hoje do lado de amigos e me divirto muito ao lado de uma liderança madura e focada no jogo.

Obrigada Rakya por tudo que fez por mim. Obrigada Bruno pela bela amizade que criamos, e pelo companheirismo quando eu mais necessitei. Obrigada Odeon por me receber tão bem.


Pergunta: Qual sua posição nos termos de imunização de relíquias (mirza), e também sobre a aliança atual com Elsinore? Acha que é uma parceria que deu resultado? O que mudou?
Resposta: Imunização é potencialmente anti-jogo, pois impossibilita temporariamente o PvP de relíquias, que é a essência do Aika. Mas pensando como liderança e politicamente, é necessário, pois você perder as reliquias da sua nação pode causar um impacto muito maior no seu governo do que você poupar o PvP. Geralmente na aliança de Elsinore, trocamos os mirzas 1 vez por semana pras 2 nações usufruirem dos combos por igual. Então não há tanta imunização assim.

Em relação a Aliança com Elsinore, falarei mais a frente. Mas com certeza é uma aliança que deu muito certo, e me lembra muito a minha prosperidade do Tiberon.


Pergunta: Depois de mudar de nação, restou ao menos amizade, respeito por alguém? 
Resposta: Com todos os meus antigos e VERDADEIROS amigos, nunca acabou a amizade. Não irei citar nomes, posso acabar esquecendo alguém, mas a todos que até hoje mantenho contato, brinco, jogo algum outro jogo ou de alguma forma no Aika, são meus amigos até hoje. Até o próprio Marechal de Tiberica, o canab, e seu irmão, WOD, tenho maior carinho para com eles, e torço pra tudo dar certo no seu governo. Jogo é jogo, amizade é amizade... 


Pergunta: Você não se sente incomodada por ter se exilado?
Resposta: Hoje, não. Mas levei quase 2 meses pra telar com meu char pra Tiberica. Eu tinha muito remorso de atacar os devirs, altares, até eu ter que fazer quests em Leopold pra upar pro 75. O tanto de Tiberica que aparecia pra me matar, não tava escrito. Era muito ódio de pessoas que eu nem sabia quem era. Só sabiam que eu era uma marechal exilada. Enfim, isso passou com o tempo.


Pergunta: O que você fez com o char de lá (Tibérica)? 
Resposta: Ta parada com o set do 65, guardarei como memória dos ótimos momentos que vivi em Tiberica antes das pessoas mudarem e um contingente muito grande que não gostava de mim desde Elsinore exilar pra lá.


Pergunta: Diga por você mesma. (O PENSAMENTO)

Elsinore - Uma nação Fênix... ressurgiu das cinzas e agora é uma das potências do AikaBR, com uma liderança formidável e alegre, e que gosto muito de conviver.

Tibérica - Uma grande potência, que se encontra em baixa desde a tríplice momentânia. Ellora/Tiberica/Basilica. Tem tudo pra se reerguer.

Ellora  Nação com bom contingente, e que faltam pessoas com a cara e a coragem de assumir e organizar a bagunça. Indico o Estevão e a Pyra pra fazerem a operação-limpeza.

Basílica  Nação em crescimento, as vezes representa mais perigo sozinha do que Tiberica/Ellora.

Odeon Nação dos magnatas e poderosos do AikaBR. Muita gente animada com o PvP e experiente! Tento fazer de tudo pra sempre progredir. ♥



Pergunta: Em Odeon rola um REDCHAT do tipo "Like a Ninja" ?
Resposta: Não, tentei não trazer esses “detalhes tão pequenos de nós dois” de Tiberica pra cá. Já aconteceu um “CONFIE NO RED.” e sempre mando 'BEIJOS DA TIA BIA =*” pra tirar essa mania de só me chamarem de Bella! E muitas outras brincadeiras no Red Chat, até porque só tenho archon maluco. =/


Pergunta: O que você acha das guilds de fora da grade de Odeon/Elsinore?
Resposta: Existe muito potencial. No começo conversei com algumas oposições antigas, mas pelo que me pareceu, algumas eram oposição por simplesmente “ser”. Sem motivo aparente, não comparecem ao PvP. Espero que essas pessoas possam olhar mais pro futuro e superar intrigas passadas, que nem foram com minha atual liderança, e participar do melhor do nosso jogo, que é o PvP, aparecer com idéias e ocupar o espaço delas na liderança de Odeon.


Pergunta: O que você acha sobre as ally de hoje, e o que você esta achando de Odeon hoje, eles já sentem confiança em você? Qual sua estratégia para mobar um Ataque ou uma Defesa?
Resposta: As alianças atuais estão equilibradas, acredito. Se alguma aliança ou nação passa muito tempo sem relíquia, não é pelo desequilíbrio, e sim pelo desânimo ou problema interno. Todos tem a chance de manter as relíquias, altar e o PvP de alta qualidade.

E em relação a confiança, no meu caso foi interessante, pois entrei de marechal sem nunca ter sido Archon com meu char. Geralmente eu ajudava do SPANKA, as pessoas escutavam meu whisper, sabiam que era eu, mas senti insegurança com a questão do Red Chat. Quando entrei, não tinha uma grade formada, e algumas guildas bem fortes de Odeon estavam focadas em DG e UP. Tive que mostrar serviço com as guildas que me apoiaram (Revoltz e Harques). Com o tempo, as lideranças de  fora viram que minhas intenções e idéias eram boas, e começaram a me apoiar. Sobrevivi ao cap lvl 85, e hoje temos a grade mais forte de Odeon.
Estratégia de mobar contingente? Todos acreditarem no que estamos fazendo. Chamar bastante no whisper, criar vínculo com a maior quantidade de players possíveis da grade, de todas as guildas. Mostrar transparência, brincar bastante em Red Chat e whisper e criar um ambiente agradável a todos.

Pergunta: O que tem a dizer a respeito dos prints onde mostravam você mandando red chat para Defesa, sendo que você estava dentro do agros? Muitos viram você fazendo isso, e muitos viram você entrando em umas salas do agros... O que você tem a dizer?
Resposta: Era fake. Não sei se foi bug, montagem ou algo do tipo. No momento em que mandei o red, estávamos em defesa contra Ellora e eu elogiei o contingente, pois estava mobado para uma defesa de amarkand/sigmund. Estava no Tiamat, e conseguiram uma print comandando de dentro do agros. Agora de diz: como elogiaria o contingente se não estivesse lá? Sempre tem alguma história sobre mim no fórum Screenshot. Eu já estou acostumada a essas calúnias.


Pergunta: Se hoje houvesse (por qualquer motivo que seja) uma quebra na aliança entre Elsinore e Odeon, você acha que Odeon teria condições de se manter sozinha sem ally? E se a resposta for não, qual seria uma boa ally para Odeon? 
Resposta: Condições, teria. Talvez não no começo, mas já vi o que Odeon pode fazer sozinha. Mas estabilidade é algo que toda nação quer, e não conseguiríamos manter as reliquias por muito tempo sem aliança. Aliança boa pra Odeon hoje é Elsinore, e ponto. Respeito muito Basilica, mas não me vejo quebrando a aliança com Elsinore hoje.


Pergunta: Acho que é perceptível para todos os jogadores do Aika hoje a supremacia da aliança Odeon - Elsinore. Essa supremacia, na sua opinião, tem algum motivo especial? Você é a favor de um balanceamento no jogo? E pra você o que deve melhorar no Aika falando de PvP? 
Resposta: A supremacia da nossa aliança advém de Organização e Confiança. Não basta ter contingente, grade, Red Chat, aliança se não se tem esses 2 fatores. Tento contruir minha relação com Ricardo (Tale) na base da sinceridade e da amizade, e tem dado muito certo. O jogo tá balanceado em questão de contigente, os outros fatores dependem diretamente das lideranças das nações.

O PvP melhoraria muito se as nações tivessem menos medo de perder relíquias e arriscassem ficar com a barreira aberta, por exemplo, ou não priorizar o PvP na madrugada, onde muitas pessoas não tem condições de ficar online.


Pergunta: O que você acha do Archon Michelka de Elsinore e sua Guild SilenT 
Resposta: Acho ele um japonezinho muito doido, gay, fresco e chorão. Chora tanto que a expressão “choro é livre” hoje é “Michel é livre”... brincadeiras a parte, acho um lider nato de PvP, gosto muito de conversar com ele, brincar, sempre que ele tá online ajuda, mesmo sendo um pouco “calmo” demais. E a guilda SilenT é exemplo de amor pela nação de Elsinore, pois deixou de lado as rivalidades e está hoje representando na grade.


Pergunta: Bella o que você acha de Tibérica e ellora só atacarem na madruga? E como você reveza os horários para que a nação não fique sem red chat? 
Resposta: Se o jogo fosse restrito na madrugada, o bônus noturno impediria de quebrarem os devirs. Nenhum líder pode reclamar de ataque de madrugada, pois todos já usufruíram disso. E quando a nação tem dificuldade de roubar em outros horários, acaba somente sobrando esta opção. Mas acho que Ellora e Tiberica são melhores que isso, mas quem sou eu pra dizer isso pra eles...

A minha organização de liderança é durante o dia separados em horários pras guildas, somente para não cansar nenhuma delas. Tiamat sempre vigiado, 24 horas. Meu horário de Red Chat não tem restrições de horário pois um marechal bom é um marechal presente; o char do marechal é essencial numa defesa. E na madrugada, como o contingente é misto das 4 guildas da grade, temos lideres que podem ajudar no Red Chat nesse horário. Ou seja, todos se ajudam e todos ganham!


Pergunta: Bella, não pude deixa de reparar que quando a Tropa De Elite estava na grade de Basílica Odeon fazia um corpo mole pra ataca, qual era sua relação com o Biosmacedo, e ainda tem essa relação com ele ? 
Resposta: Sinceramente, desconheço dessa informação. Não tenho relação com o rapaz citado, nem com a guilda citada, apenas o respeito como qualquer outro líder de guilda inimiga.


Pergunta: Como você agiu com a falta de players que ajudavam Odeon? Principalmente a falta de players na grade?
Resposta: Como sempre fiz: Aproveitamento 100% dos players disponíveis. Estratégias de Rush inteligente, para não desperdiçar PvP, e enquanto isso tentando conquistar novos players para a nossa causa, nossa ideologia. Parece que deu certo!


Pergunta: Bella você quando era Marechal de Tibérica atacava Elsinore com Odeon de madrugada quando Elsinore (raramente) conseguia pegar o Mirza naquela época... agora Tibérica e Ellora fazem a mesma coisa. O que você acha disso ? Acha que esta provando do mesmo veneno ? 
Resposta: Acho que isso é o Aika. E se você joga Aika, está suscetível a essas reviravoltas e mudanças. Defendo ataque de madrugada como defenderia ataque em outro horário, sem mimimi ou choro.


Pergunta: Bella você é Marechal de uma nação que tem um contingente monstruoso porem na hora dos Ataques e das Defesas não tem o mesmo contingente quando o Stylo era Marechal,você acha que não foi aceita por muitos Odeons por ter sido ex-marechal de Tibérica ? a nação te trata com respeito ? 
Resposta: Bom, sempre considerei o Stylo um excelente marechal. Um dos melhores, mas acredito que em algumas atitudes do passado, ele acabou afastando alguns lideres e players. Hoje comigo não vejo tantos problemas, e muita gente me apoia por ser diferente. Acredito que o contingente de Odeon é bem aproveitado.

Como disse anteriormente, nem eu acreditei com tamanha recepção que tive em Odeon. Eu já tinha amizades com muitas pessoas daqui, e quando passei a fazer parte da liderança, eu tinha voz e era respeitada. E como sempre digo, respeito é o principal de tudo.

Pergunta: Bella, como você sabe Odeon ainda possui uma oposição muito forte, apesar das Guilds mais fortes estarem hoje se unindo com você na grade.  O que você tem feito (ou tentado fazer) para que a Oposição de Odeon seja removida? 
Resposta: Eu tento conversar com alguns líderes. Os mais teimosos eu simplesmente não procuro, deixo outras lideranças conversarem com eles, até pra não criar um mal-estar. Tento sempre mostrar um bom trabalho, pois atitudes valem mais do que palavras. E mesmo que eles virem as costas para mim, me agarro em quem me apóia e encaro de frente os desafios e as dificuldades.


Pergunta: O que você tem a dizer para líderes de Guild de Odeon que colocam Spy dentro do seu TS? Sendo que vocês Defendem a mesma nação? 
Resposta: Existem players que jogam Aika. E existem players que jogam The Sims; preferem criar intrigas, falar mal de outras pessoas para ganharem espaço na politicagem. Eu jogo Aika. Deixo a pessoa se preocupar bastante em falar mal de mim e procurar argumentos negativos sobre minha pessoa, enquanto isso faço bastante PvP, me divirto com amigos. Pra mim isso já é o suficiente, e pra ela, perda de tempo.


Pergunta: Bella, o que você tem a dizer sobre a Aliança com Elsinore? É uma Aliança firme que você acha que vai durar ou você acha que por alguns motivos a Aliança pode se desfazer? 
Resposta: Elsinore era a maior inimiga de Odeon, sempre foi. Mas as coisas mudam. O bom do Aika é que nada é eterno, nada é constante. Hoje são 2 nações que se precisam, que se ajudam, Elsinore com sua organização suprema, e Odeon com seu contingente mortal. Se completam, e no que depender de mim como Marechal, continuará por tempo indeterminado. 



Pergunta: O que você tem a Dizer da baixa Motivação de Basílica, apesar deles terem um contingente razoável? O que você acha que falta em Basílica?
Resposta: O único problema de Basilica é que não surgiu ainda (pode ser até este novo marechal, mas ele não teve tempo ainda de mostrar a que veio) uma pessoa que bata no peito e fale: “EU VOU FAZER! EU SEI FAZER!”... Alguém que encare de frente o problema da oposição, da falta de equipamentos dos players, da falta de contingente em ataque e defesa. Tem tudo pra dar certo, já falei isso outras vezes, e torço pra ela superar os problemas que possui. Quanto mais disputado o PvP, melhor.


Pergunta: O que tem a dizer da Aliança Tibérica & Ellora?
Resposta: Necessidade. É a palavra que representa. Não foi feita com “amizade”, nem de acordo com a maioria. Mas a necessidade leva a algumas atitudes. Espero que dê certo, e que consigam se encontrar.


Pergunta: O que acha do seu aliado TaleKnight? Um bom Marechal? Apesar das brigas antigas vocês hoje se dão bem?
Resposta: Ricardo se revelou uma pessoa maravilhosa. Extremamente educado, carinhoso, compreensivo, conquistou meu respeito com pouco tempo de conversa. Possuo uma relação agradável com a pessoa e com o Marechal. Sabe representar muito bem uma liderança firme sem precisar humilhar ninguém. Liderou Elsinore no pior momento, e agora usufrui do seu esforço. Não houve briga na época do Ban, mas na época os lideres de Elsinore foram “educados” com muita raiva de mim, devido aos atritos que tive com o Sparta. Mas após conversas, nos achamos como amigos e no que ele precisar, estarei aqui. Ricardo ♥

Pergunta: Por que reconstruir a guild?
Resposta: Deixo essa pergunta para quando falar sobre minha querida guilda, SPETSNAZ, logo abaixo.

Pergunta: Por que fazer tanto esforço para manter os posto de marechal? Pelo amor ao jogo e a Odeon? Ou pela fama, pelo fato de estar no topo?
Resposta: Fama?  A fama que possuo tem seu lado positivo, recebo muitos elogios, cartas, mensagens bonitas e agradáveis de ler, mas também sou muito julgada por ter saído de Tiberica. Pessoas me odeiam lá sem nunca ter conhecido meu char ou minha história. Não foi por fama, com certeza. Fiz porque gosto de jogar Aika, a liderança de Odeon precisava de alguém pra cuidar, e não tinha ninguém disponível, com experiência e tempo pra assumir o cargo. Eu jogo pra ganhar, e encarei o desafio sem ter medo das consequências. Eu sei fazer, porque não encarar? Medo é pros fracos. 

Ser marechal não é uma profissão, você não ganha salário, tem que se dedicar muito mais tempo aos problemas da nação, além de cuidar da sua própria guilda. Você não é livre pra fazer uma DG, um agros sem ser criticado ou observado. Não é tão bom quanto parece, é um desafio, um outro patamar de jogabilidade do Aika, e só os fortes sobrevivem!


Stylo03D – Ex Marechal: Oi Bia, queria perguntar a Vossa Excelência, o que tens a nos dizer sobre os novos marechais do game? Visto que a grande maioria dos Archons e Marechais são novos no Jogo, tirando você e o Tale?
Resposta: Percebo muita força de vontade, mas falta experiência. Eu tenho quase 2 anos de Aika, 2 anos de liderança, entre Archon e Marechal, sei de cór quais os agrupes e rushs que podem acontecer a um devir, cada buraco de Lakia, horário de reliquia, pedras, etc. Isso influencia muito numa defesa ou ataque, e falta essa perspicácia que você, querido Bruno, eu ou o Rakya tínhamos.



Stylo03D – Ex Marechal: Em que esferas você acha que o Rakya faz falta?
Resposta: Em todas, tanto no aspecto do jogo quanto na amizade. Vim pra cá por causa dele, se ele não tivesse me apoiado naquela época, eu não estava mais jogando Aika. Passamos meses juntos, arquitetando ataques e defesas, reformulando a liderança de nossas guildas, ele era seu braço direito, e eu tentava ser o dele. Sempre o vi muito sozinho, e tentei ajudá-lo da maneira que eu podia. Quando ele sumiu, estávamos fora da grade e sabíamos que ele (ou eu) teria que pegar o marechal. Tive que encarar sozinha a situação.

Em relação como pessoa, passava madrugadas inteiras rindo da sua chatisse, das suas ironias, implicâncias, foi um impacto muito grande seu sumiço, mas deve ter seus motivos para abandonar tudo. Espero sempre preservar sua memória como o grande líder que foi e guardar as boas lembranças.

Stylo03D – Ex Marechal: O que você está achando da Ally com Elsinore?
Resposta: Sensacional! Já elogiei bastante anteriormente!


Stylo03D – Ex Marechal: Que nomes você poderia citar como os melhores Jogadores do AikaBR??
Resposta: Você, meu amigo Stylo3D, é um dos melhores jogadores, líder e marechal que conheci. Aristeu, Kazu Monstro, Sparta (sim, não gosto dele, mas foi um grande líder), PieceAndWar, Bernezinho (louco, mas soube comandar por muito tempo Ellora)...Wolfcold, grande amigo e um dos melhores Feiticeiros de todas as épocas do Aika, Estevão, Vailante (não por somente ser um grande amigo, mas joga muito ♥), Bloodrain, SatanGhost (kamikaze!), Rakya/ SPANKA (matava milhões), ZicaMemo, totsZiN, cprWoW (amigo, joga muito de att!) Pedin/Sabedoria/Suntza (joga muito de pistol/att, te amo meu amigo ♥), Aderbal (owna em qualquer classe!), GlóriaMaria, LupusGuardian...  foram os que eu lembrei... todos me marcaram de alguma forma, e me inspiraram.




Stylo03D – Ex Marechal: O que você tem a dizer sobre a afirmação em relação a Tibérica: "Fui Abandonada e não abandonei" ?
Resposta: Nem seria “abandonada”, seria mais “Eu respeitei e não fui respeitada”... Mais correto a se falar...


Bia te amo!! s2s2s2

Amigo, não importa o que falem de você, foi uma das aquisições de amigos que tive nesse jogo, sempre que precisar conte comigo. Te amo!

Pergunta: O que você está achando dessas guildas de Odeon que querem mais q a nação fique na pior mesmo?
Resposta: Cada um sabe do seu jogo, mas jogar contra a própria nação é dar um tiro no próprio pé. Você se auto-prejudica e ainda sai mal visto. Mas cada um sabe de si, quem sou eu pra julgar a diversão dos outros.


Pergunta: O que você acha dos players que, ao saírem da sua guild, ficam difamando a guild / liderança / players ?
Resposta: Ninguém é obrigado a gostar nem ficar onde não se sente bem. Mas sair falando mal além de falta de educação é falta de ética. Você fez parte da construção da guilda, se estava incomodado com algo, ajudasse seus líderes a mudar, pois falar mal não ajuda em nada. Falar é fácil, fazer acontecer é completamente diferente.



Pergunta: Bella é verdade que você recrutou qualquer um que via pela frente pra não perder o Marechal ?
Resposta: Não. Tenho critérios para o recrute, mas o principal é ser sincero naquilo que faz, e querer ajudar. O resto é consequência. Eu ajudei muitos players Tops de hoje a upar, a fazer DG, levei muita gente na mina elite, e me orgulho disso. Hoje como muitos estão fortes, subestimam os novos players, os inexperientes, e esquerem que um dia também foram assim e tiveram oportunidade.


Pergunta: O que você acha da trollagem que os novos players da sua guild sofrem dos antigos?
Resposta: Normal, tem um ritual cabalístico invocado no Olodum do Power Ranger pra poder participar de nossa guilda, e todos devem passar por ele...


Brincadeira gente, nossa guilda é bem alegre, unida, possuo os melhores ao meu lado, e se a pessoa ingressa na guilda, ela tem que ter o perfil da guilda. E o perfil da SPETSNAZ é a trolação, brincadeira e divertimento. Nem sei a quem eles seguem, né? Sou uma menina tão séria... u.u'



Pergunta: Bia, é verdade que Odeon já falhou várias vezes em ataques porque apareceu uma barata no seu quarto??
Resposta: Rapaz, pode estar caindo o mirza, o altar, se entrar uma barata, lacraia, aranha, ou qualquer inseto no meu quarto... eu saio gritando e largo tudo do jeito que está... muitos dos meus amigos e players já ouviram alguma madrugada eu gritar “mããããããããããããeeeeeeee!” ou “Joããããããããaaaaaaaaaaaaaaaao!!!!” por causa de inseto! ¬¬'


Pergunta: Tu segue alguma inspiração de Marechais antigos ou Archons para ser uma boa Marechal? Se sim, Cite os nomes.
Resposta: Defensora, PieceAndWar, Lupus Guardian, Kazu Monstro, Aristeu e Stylo3D.. foram os marechais que me inspiraram no que sou.



Pergunta: A guild marechal (SPETZNAZ) que recentemente teve altas e baixas, saíram alguns players veteranos e entraram novos. Como reagiu com essa situação de fazer os novos entrar no ritmo do PvP da grade, e os que saíram e fizeram fofocas da guild falando que ela estava acabada e logo logo poderia perder marechal, como reagiu a tudo isso em pouco tempo ?
Resposta: Como sempre reajo a um problema... paro, respiro e penso: “vou encarar!” Eu confio na minha capacidade de me reerguer, e tudo que tenho agora é resultado de um trabalho de confiança e dedicação da liderança da guilda. Eu tive o desafio de refazer o contingente da guilda depois da saída de muitos players que só enxergavam o Rakya como lider. E consegui. Nosso contingente cada dia mais crescendo, e já está num patamar satisfatório para guilda grade/marechal. Falarei mais da guilda na pergunta seguinte.



Pergunta: Comente sobre sua guilda SPETSNAZ, a passagem de liderança, a queda e a ascensão, e os players.
Resposta: Renovação é a palavra-chave para o que a SPETSNAZ é hoje. Herança da antiga United™ e da Pressão Suprema,  era liderada principalmente pelo Rakya. Ele era um ótimo estrategista, mas sua forma de lidar com os players é um tanto diferente do meu método. Sou mais apegada, mais “mãezona”, me preocupo no seu bem-estar e tento fazer com que fiquem na guilda não só pelo jogo, mas pelo bem-estar gerado entre a convivência dos players. Ele era o “macho-alfa”, como o mesmo dizia, mas com sua ausência repentina, tive que assumir. Os líderes estavam desanimados, e eu para unir o pessoal em meio ao tédio do Aika, passamos a revezar entre Point Blank e Aika, pra não nos separarmos em outros jogos, e com o gold que é feito no Aika, dá pra sustentar e brincar no PB. Com a necessidade da SPETSNAZ como guilda marechal, houve o consentimento da maioria para a entrada da guilda, sob meus cuidados, para o poder. Mas assim que eu entrei de Marechal, foi lançado o EPIC III, e com isso, novo lvl cap. Players desanimados com o PvP, ansiosos para upar pro lvl 85, não só na minha guilda, mas a maioria dos jogadores, foi um desafio. Passei por momentos de desespero em não ter contingente. Mas sobrevivi e superei essa época, que todos os lideres sofrem. Não é facil tirar um player do AGROS. 

Com a certeza de que o Rakya não voltaria mais, e alguns players que só obedeciam a ele dentro da guilda, ficou complicado controlá-la. Tive que optar entre tirar esses players e renovar o contingente, ou mantê-los e entregar o marechal para uma guilda mais mobada. Tomei a decisão de renovar, e ver quem realmente me apoiava e fazia questão de levantar a bandeira da SPETSNAZ. Fiquei sem contingente e abri o recrutamento. Entrou novos players que foram se adaptando a nova família. E pra completar, a guilda Blue Devils de Tiberica decidiu exilar pra cá pra Odeon devido a amizade antiga que eu tinha com eles... estão todos upando novos chars. A guilda está crescendo cada dia mais, nunca esquecendo nos antigos amigos. Somos uma equipe dentro e fora do Aika e espero sempre crescer ao lado dos que realmente me valorizam como líder, player e amiga.

Obrigada amigos, por fazerem do meu tempo livre, do meu jogo um momento tão divertido e especial. ♥ SPETSNAZ ♥

Pergunta: O que mudou no jogo depois do EPIC 3? Era o que você realmente esperava?
Resposta: Pra mim, só mudou o set honra, novos cristais, skill do 81, e ter que lidar com o contingente todo ter que fazer AGROS pra upar, pois é praticamente impossível upar em mobs. Espero que com as novas atualizações, tenham coisas mais interessantes, como essa nova aparência dos sets, pra mim que sou mulher e gosto desses detalhes, adorei!



Pergunta: Como você/faz para upar?
Resposta: Rezo pra entregar alguma relíquia durante o dia pra fazer ao menos 5%... Estarei upando pro 84 ainda hoje. Sabe lá quando vou upar pro 85, sou full preguiça pra fazer agros...


Pergunta: Me recordo dos tempos de Tibérica, quando a trollação era chamar de "GORDA" (NÃO LEVE A MAL). Isso consequentemente aumenta ao passar dos tempos, hojê trollam com GORDA, e amanhã já é algo INSUPORTÁVEL, INACEITÁVEL. Seja esse um dos motivos no qual exilou? Se chateou, stressou com a nação e recebeu apoio em ODEON e então tomou a decisão de quebrar as promessas de 'NUNCA ABANDONAR TIBÉRICA' ? Foi ou não vítima de B.U.L.L.Y.N.G cibernético ?
Resposta: O motivo da mudança de nação já falei anteriormente. E em relação ao bulling, ao preconceito, vejo muito da parte da minha ex-nação, e como eles não fazem parte do meu convívio, não faz tanta diferença. Só prezo e espero respeito dos players da minha nação e dos que convivem comigo. Já é suficiente.




Pergunta: Descreva os cinco Marechais atuais:

* TankTentar (Ellora) – TankTentar tinha tudo pra ser feliz no seu mandado, mas se tornou um tanto esnobe... faltou humildade.

* canabSativa (Tiberica) – Conheço-o desde Tiberica, acompanhei seu crescimento. Tem força de vontade e espero que tenha apoio dos demais pra levantar a nação.

* Solchan (Basílica) – Começou com raiva de Tiberica pela quebra da aliança, talvez se tivesse focado um pouco mais no crescimento da própria nação, teria sucesso.

* TaleKnight (Elsinore) – Um dos melhores marechais que Elsinore já teve. Tem tudo pra ter sempre sucesso. Espero que cresça cada vez mais Elsinore.

* Bella Dunham™ (Odeon) – Faz o seu melhor sempre que aparece em cena. Tem experiência e paciência, mas precisa sempre de apoio da liderança para crescer. Tem noção de que sozinha não é nada! ^^


Pergunta: É verdade que em sua ausência a guild terroristas pegou o castelo e o combinado era que o governo da própria duraria 1 semana, mas depois desse tempo eles não devolveram o castelo e ainda por cima os jogadores de Tibérica chamavam você de spy? Foi por esse motivo que você exilou? Se não foi poderia explicar melhor por favor... 
Resposta: Tem uma bíblia no começo dessa entrevista. Jogue o dado, volte 50 casas e leia a resposta desta pergunta! ;)


Pergunta: Em que o AIKA-BR poderia melhorar?
Resposta: Seus bugs, eventos, e inovação nos mapas que estamos cansados de conhecer. Que caísse um cometa megazord em Lakia e tudo ficasse mudado, seria interessante...


Pergunta: Na sua opinião, qual é a guild mais forte de cada nação? E por quê?
Resposta: De Basilica, não tenho referências. De Ellora por muito tempo foi a Holy Life, e até hoje nenhuma outra mudou essa referência pra mim. De Tiberica atualmente é a Terroristas, apesar de ter caído muito. De Elsinore é a Impact, referência de organização. De Odeon é a Overkill, guilda criada por amigos que cresceu bastante, e pretendo sempre superar as expectativas com a SPETSNAZ. Um dia chegarei lá.


Pergunta: Você gosta do set que você usa? Pretende trocá-lo?
Resposta: Eu adoro o cometa, ele tem uma história comigo. Apesar de adorar o congelante, e ter um também, o cometa pra marechal contribui muito. Além de dar muito dano, as vezes eu “mono” players com menos defesa com skills neutras, como a atração divina. E a refinação dele por ser +11 vai tankar ainda por bastante tempo. Falta upá-lo pro lvl 2. Ai sim vai ficar bem top...


Pergunta: Você considera seu personagem forte?
Resposta: Sim, faço o que posso pra fazer a diferença no PvP. Não só pela refinação, ou matar muito, mas pelo fato de tankar, coisa que muitos templários não se preocupam mais hoje em dia.


Pergunta: Bella, tirando jogar aika, o que você gosta de fazer?
Resposta: Ouvir minhas músicas (rock, baladas românticas dos anos 80 e 90), ver filmes inteligentes (suspense, ação, policial e ficção científica), ir ao cinema, sair com amigos, namorar, jogar PB com amigos, LOL, e viajar, eu simplesmente AMO viajar...


Pergunta: O que aconteceu com o Rakya?
Resposta: Não sei ao certo, só sei que sumiu e não deixou vestígios. Apesar de ter me magoado muito com o fato dele sumir repentinamente, respeito sua atitude e espero que esteja bem no que for que esteja fazendo. Seus sets, chars e seu lugar está guardado pro dia que ele resolver voltar.


Pergunta: Bia, sabemos que você fez muitas amizades, tendo em vista que foi liderança de duas nações muito grandes por muito tempo, e também já foi aliada de todas as nações do jogo, que tipo de aprendizado relacionado a amizade e convivência com pessoas você acha que é possível leva para fora do game? 
Resposta: Já disse uma vez e repito. As vezes as pessoas esquecem que por trás de um personagem, há uma pessoa com sentimentos, receios, caráter e personalidade. Tento conhecer a cada um que convive comigo, pois o tempo que passamos aqui, as vezes é maior do que o tempo que passamos com família, amigos de perto e até nossos amores. O que custa transformar essa amizade em algo real, em um abraço, uma risada, passeio, bebida, fotos, lembranças? Conhecer alguém aqui é como conhecer na escola, trabalho, é um meio de convívio como qualquer outro. A diferença às vezes se restringe na distância.

Não use do fato de estar distante, isso não te dá o direito de desrespeitar ou machucar alguém. Respeite o indivíduo que ele é, assim como você respeita as pessoas na “vida real”. E assim, seremos sempre pessoas melhores.


TOP 3 Perguntas mais importantes de toda a Entrevista:
Pergunta: Oi bella eu sou o goku tudo bem?
Resposta: Bernezinho, é você?


Pergunta: Bella será que o Rick vai conseguir salva o grupo dele lá no The Walking Dead ? Agora que eles estão fortemente armados !@!! 
Resposta: Não sei, não assisto The Walkind Dead, mas se me perguntasse se “winter is coming” eu responderia que esse mês tá chegando! Ou se me perguntasse da minha série favorita Fringe: “Olivia Dunham ♥ Peter Bishop” eu responderia tudo!


Pergunta: Bella, na musica dos cinco patinhos da Xuxa, você iria fazer shock no pé da montanha pra nenhum patinho se perder?
Resposta: Analisando que os 5 patinhos foram passear, além das montanhas para brincar, e sua mãe preocupada gritou “quá-quá-quá-quá”, e um não voltou, diria que o shock deveria ser feito assim que os patinhos sairam, pra não deixar a relíquia... ops... o patinho passar. E que sinceramente essa música é muito triste, já que diz pra criança que o patinho foi farmado e virou honra... =/


De frente com <Travesti>
Responda o que vier primeiro na sua cabeça!

Tibérica: Passado.

Elsinore: Companheirismo.

Bellattrix: Lembranças boas e ruins.

Um Sonho: Conseguir vencer os desafios da minha saúde.

Sua maior conquista: Não me corromper diante das minhas dificuldades de das coisas ruins que aconteceram comigo. Sempre continuar no caminho da bondade.

Ser Marechal: É um desafio para loucos e poucos. Só quem tem muita coragem consegue encarar. E além de ser um prazer ajudar o jogo de todos da sua nação.

OnGame: Hoje vejo como uma empresa privada que sofre problemas como qualquer outra, vejo tentativas de melhorar e proporcionar um jogo melhor para nós.

Maud: Uma pessoa que admirava de distância, e que eu amei conhecer cada dia mais. Apesar de não conviver muito, sei que posso contar com ele e ele sabe que pode contar comigo pro que precisar. Pessoa admirável, inteligente, amável e amigo. Quero levar pra sempre comigo!

Sua Guilda: Amizade, alegria e união sempre. Conquista nesse Aika, amigos, e pessoas especiais. Sarah e Vailante, meus bombomzinhos eternos! Amor ♥

O Futuro: Só a Deus pertence, mas prefiro curtir cada segundo do meu presente da melhor forma possível.


M: Muito obrigado por aceitar fazer essa entrevista, Bella ^^ Você tem algum último recado para deixar pro pessoal?
B: Sim, que apesar de você não ter o mesmo tempo que tinha pra se dedicar ao Blog, o “Nosso Aika” continua sendo e sempre será referência de conteúdo sobre o Aika, com inteligência e organização. Que te adoro e quero muito que seja feliz no que quer que faça, Maurício. Que nosso jogo melhore a cada dia e que sirva para o que, no final, todos queremos: nos divertir. Que as pessoas procurem julgar menos antes de conhecer as pessoas. Sei que muita coisa pode parecer falsa pra alguns, mas acreditem, prezo muito a verdade e a sinceridade. Peço desculpas por não ser perfeita e não poder agradar a todos, mas sou o que sou, e tento ser o melhor de mim todos os dias. 

Aos amigos, um grande beijo e abraço, amo cada um de vocês!

Agradeço o apoio, carinho e compreensão de todos e desejo-lhes uma ótima semana a todos  ;)


Beatriz Cristina.


22 comentários :

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. 5 patinhos foram passear
    alem das montanhas para brincar
    a titia Bia mandou o shock fechar
    e todos os patinhos voltaram de lá

    uhahuuhauha

    ResponderExcluir
  3. Ótima Entrevista Bella. Frizo Bem a parte
    da evolução da guilda/nação/ally.. Fico Perfeito..
    e para os que acham que Bia está sozinha.. Ela Recebe
    um Apoio Inesplicavel em odeon sem ninguem precisar zuar ela..
    Ser Gordo nao é problema nenhum.. Só uma coisa
    isso eu nao sei.. mais o coração dela recompensa tudo (:..
    Continue assim bella.

    ResponderExcluir
  4. Nada a ver com a entrevista mas, o stylo foi o maior marechal do jogo na minha opnião, tirou odeon da merda em que estava e tornou a nação mais forte do jogo.
    Boa entrevista, e que venham mais

    ResponderExcluir
  5. Cada dia que passa, mais eu me orgulho de ter uma amiga como voce!!

    entrevista mto boa (jah esperava) com respostas concretas e nao foram ofensivas!

    Parabens!

    ResponderExcluir
  6. Deu ate vontade de ir pra Odeon. (soh que não)

    Parabens pela entrevista...

    ResponderExcluir
  7. Bia parabens pela entrevista impecavel!!!!
    e mto obrigado pelos comentarios sobre mim e minha guild!!
    espero que continuemos por mto essa ally entre elsinore e odeon!!

    bjo :*

    ResponderExcluir
  8. Caraca .. tmb sou mulher gamer, mesma idade ... to chocada com a novidade (voltei a jogar faz pouco tempo), vi q nesse negócio de marechal vc se deu bem Bia!!! Jogo desde o beta na minha época não teve marechal mulher, pra falar a vdd só conheci umas 2 ou 3 meninas que jogavam, da minha guild da época só me lembro da Himeji, infelizmente parei de jogar por um bom tempo, e nesse tempo vc foi a marechal de Tibérica, fiquei super feliz de saber que o AIKA q eu tanto amo teve uma marechal mulher!! BACANA D+!!! ... Adorei saber que umA gamer fez sucesso num jogo dominado pelos manos ... hahaha D-O-R-E-I! Mandou bem Bia!!! #invejaDUBEMmodeon

    By Myrah™

    ResponderExcluir
  9. Isso ae bia,não liga pras ofensas das pessoas que não te conhecem,porque afinal o que importa é quem aprecia sua compania e seu modo de ser...e você conseguiu isso,ganhou um belo presente que foram amigos que te deram suporte e até te uparam na nação nova...Te admiro muito pela sua força,e que fique mais forte com o futuro =D Claro que infelismenre há as pessoas que nos traem,mas é aí que a gente vê quem te merece e que não presta...

    Muito boa a entrevista,direta,esclarecedora e acima de tudo respeitosa ^^ Parabéns =D Aos que não gostaram,fica a dica: O michel é livre! euaheuaheuaheuahehea (Desculpa michel,não deu pra resistir xD)

    ResponderExcluir
  10. Não concordo quando ela diz que: ''De Ellora por muito tempo foi a Holy Life, e até hoje nenhuma outra mudou essa referência pra mim. ''
    Claro, foi a opinião dela, mas se teve uma guild que superou sim a Holy Life foi a minha querida FreeStyle, minha segunda casa, onde me animei a jogar em Ellora novamente.
    Pena que o Restlin resolveu nos abandonar... (chatiada)
    #voltarestlin

    Muito boa a entrevista.

    Petrovah ~ Ellora

    ResponderExcluir
  11. Rapaz, pode estar caindo o mirza, o altar, se entrar uma barata, lacraia, aranha, ou qualquer inseto no meu quarto... eu saio gritando e largo tudo do jeito que está... muitos dos meus amigos e players já ouviram alguma madrugada eu gritar “mããããããããããããeeeeeeee!” ou “Joããããããããaaaaaaaaaaaaaaaao!!!!” por causa de inseto! ¬¬'

    LOL.

    ResponderExcluir
  12. eu ri da parte da barata ADHSUADSHDASUH
    boa entrevista u.u

    ResponderExcluir
  13. Li a entrevista mas confesso que pulei algumas perguntas pois achei muito repetitivas! Mas fora isso, adorei como a Beatriz soube responder e como foi sincera e educada em tudo que escreveu. Também prezo sinceridade, verdade, educação e respeito, acho que tu está certíssima com relação que você respeita e quer ser respeitada, é claro, respeito é o mínimo. Em relação à barata, insetos e etc, não há problema nenhum em ter medo heuehueh não sei porque fazem tanto caso disso, e aos 5 patinhos.. RI MUITO. Com a entrevista te conheci mais, e adorei. Desejo um bom jogo pra ti, muita diversão e trollagem heuheuehueh tudo de bom pra ti pra tua guilda em Odeom e como Marechal ^^

    Riggi - Tibérica

    ResponderExcluir
  14. A PEGUNTA QUE NÃO QUER CALAR VC CASADA SOUTEIRA OU TICOTICO NO FUBAR
    KK

    ResponderExcluir
  15. "Diga me com que tu andas que eu te direi quem és"
    Fala que era amiga do bruno(Stylo3D) Rakya Spanka enfim, um apancada de nego que são suspeitos de terem chars e sets editados, vem me dizer q conseguiu refinar +11 na raça?
    Tenha dó conheço gente q gastou cerza 100 enriq pra cima pra refinar ancient, cometa e etc ae explode o escandalo dos nego editado que todo mundo conheçe quem são vem me falar pagar de boazinha pq n fala a verdade pro tras de verdade do motivo de ter exilado de tiberica, bem cada tem sua conciença nehh

    ResponderExcluir
  16. Está ai um lado que eu não conhecia. DOKHO - TIBERICA.

    ResponderExcluir
  17. Bella vc Sempre vai ser a minha Marechal Preferida... s2 Volta Pra nois Odeon Sente Sua falta...

    ResponderExcluir